Deficiência de Antitrombina na Gestação – Uma Revisão de Literatura
PDF

Palavras-chave

Gestação
Deficiência de Antitrombina III
Trombofilia Pregnancy
Antithrombin III Deficiency
Thrombophilia

Resumo

A antitrombina é um anticoagulante endógeno responsável por inibir uma série de enzimas envolvidas na cascata de coagulação. Sua deficiência é rara, foi descrita pela primeira vez em 1965, tem caráter autossômico dominante, e está associada à trombose familiar. Este estudo trata-se de uma revisão narrativa de literatura realizada nas bases de dados do PubMed Central (PMC), da MEDLINE e da COCHRANE. Ao todo, 12 artigos foram elegíveis em nossa pesquisa. A análise das publicações indica que a antitrombina é um anticoagulante endógeno que inativa uma série de fatores de coagulação. Sua deficiência é rara, mas aumenta significativamente o risco de eventos tromboembólicos, principalmente na gestação. O diagnóstico dessa desordem e o conhecimento da efetividade do tratamento são os primeiros passos para reduzir os eventos adversos desta doença na gestação.

https://doi.org/10.51909/recis.v2i1.74
PDF
Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Revista de Ensino, Ciência e Inovação em Saúde